segunda-feira, 5 de junho de 2017

Homem que matou esposa e deixou 9 filhos é condenado a 24 anos de prisão, na PB

Postado por Noticiando PB  | 

O vendedor de sorvetes Antônio Pedro da Silva foi condenado a 24 anos de prisão pelo Tribunal do Juri em São José de Piranhas, Sertão paraibano, a 477 km de João Pessoa. Ele assassinou a esposa, Francisca Coelho, e abandonou nove filhos. Os crimes aconteceram em 1996 e o réu ficou foragido por 19 anos.
A condenação de Antônio da Silva aconteceu na quarta-feira (31) e foi confirmada pelo promotor Pedro Henrique Andrade, em postagem no Instagram. “Logramos êxito em mais uma dura batalha no Tribunal do Júri. Empunhamos a defesa da lei penal e da vida humana, conseguindo a condenação do acusado a uma pena de 24 anos de reclusão pela prática do crime de homicídio qualificado por motivo fútil e utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima”, escreveu o promotor.
Segundo o Ministério Público da Paraíba (MPPB), acusado e vítima mantinham um relacionamento, mas se separaram pouco antes do homem ir morar em São Paulo. Cerca de um ano depois, o acusado retornou para São José de Piranhas, onde cometeu o assassinato.
No dia do crime, a vítima estava na casa de uma amiga quando o acusado chegou sem falar nada e a matou com seis golpes de faca, fugindo em seguida e abandonando os nove filhos do casal. O crime teria sido cometido após a mulher se negar a reatar o relacionamento.
Ainda segundo o MPPB, após fugir, o acusado foi morar em Rosário Oeste, município de Mato Grosso, onde casou novamente e começou a trabalhar como vendedor de sorvetes. Porém, ele foi preso em 2016.
Correio

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com