quarta-feira, 28 de junho de 2017

Justiça eleitoral cassa mandato do prefeito de Junco do Seridó, na Paraíba

Postado por Noticiando PB  | 

O juiz da 26ª Zona Eleitoral, de Santa Luzia, Rossini Amirim Bastos, cassou o mandato do prefeito e do vice do município de Junco do Seridó, Kléber Fernandes de Medeiros e Rawlisson Menezes de Medeiros, respectivamente, eleitos nas eleições de 2016. A decisão foi publicada no diário eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral desta quarta-feira (28), a partir da página 42. O magistrado julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que apurou a prática de abuso do poder econômico e político, bem como conduta vedada.
Conforme a sentença que decretou a perda dos diplomas e, consequentemente, dos mandatos eletivos do prefeito e do vice de Junco do Seridó, o magistrado condenou ainda Kléber Fernandes de Medeiros, Rawlisson Menezes de Medeiros e também do ex-prefeito de Junco do Seridó, Cosmo Simões de Medeiros, cada um, de forma pessoal, a multa no montante de dez mil UFIR, pela conduta vedada prevista no inciso IV do mesmo artigo e Lei, declarando os três inelegíveis, por oito anos subsequentes à eleição em que se verificou as ilegalidades.
Após o trânsito em julgado, o juiz determinou que se comunique a decisão à Câmara Municipal de Junco do Seridó para as providências legais, bem como solicitação ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba a designação de novas eleições municipais ao cargo majoritário em Junco do Seridó, salvo se a vacância ocorrer nos últimos seis meses do mandato, hipótese em que as eleições serão indiretas.
Na ação, o Ministério Público Eleitoral acusa o prefeito de Junco do Seridó de abuso do poder econômico e político, condutas vedadas, captação ilícita de sufrágio, uso da máquina administrativa, utilização de máquinas do PAC para realização de obras em propriedades particulares barreiros e barragens subterrâneas, utilização de servidores, doação de terrenos, distribuição de material de construção em veículos da edilidade, construção de estradas, cercas e barreiros em bens particulares, entre outras condutas.
Segundo o Ministério  Público Eleitoral, o prefeito e o vice-prefeito eleitos em 2016 foram apoiados pelo ex-prefeito Cosmo Simões de Medeiros, com o uso da máquina administrativa municipal em favor das candidaturas dos aliados.
OS Guedes

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com