quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Decisão do arquivamento da denúncia contra Temer repercurte na ALPB e deputados divergem

Postado por Noticiando PB  |  ,


O resultado da votação na Câmara dos Deputados, em Brasília, que decidiu pelo arquivamento da denúncia contra Michel Temer (PMDB) repercutiu nesta quinta-feira (3) na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Deputados estaduais divergem sobre a decisão, e tem até quem tenha o voto dividido em “‘sim’ pelo povo e ‘não’ economicamente”.

Deputados aprovaram por 263 a 227 relatório que recomendou ao plenário a rejeição da denúncia de corrupção passiva da Procuradoria Geral da República contra o presidente. Com a decisão, os deputados livraram Temer de responder no Supremo Tribunal Federal (STF) a processo que, se instalado, provocaria o afastamento do presidente por até 180 dias.

Veja o que dizem os deputados estaduais: 

Hervázio Bezerra (PSB) – “Cassaram a presidente Dilma e até hoje não conseguiram encontrar um fato determinante, plausível, para o impeachment. Esse governo é ilegítimo, não tem como governar o nosso país. Já no caso de Michel Temer toda a sociedade, toda a imprensa, toda a opinião pública tem conhecimento de que são os fatos contra ele são concretos, provados e comprovados.  As minhas surpresas positivas foram os votos de Damião Feliciano e Wellington Roberto, que foi muito pressionado pelo partido, ele chegou a divergir do partido [mas votaram a favor do povo]. Esses sim vão ter o reconhecimento do povo brasileiro e, em particular, do povo paraibano. Devo destacar também a postura do deputado Pedro Cunha Lima [o peesedebista se posicionou há meses ser a favor do prosseguimento da denúncia e votou ‘não’ ao arquivamento]”.

João Gonçalves (PDT) – “Isso é um problema. Você vê que ontem a economia não oscilou em nada, estabilidade. Nível de emprego aumentando, inflação controlada, mas todo mundo quer ‘Fora Temer’. Agora a quem entregar nesse instante o país. Se eu tivesse lá eu também votava com o povo, votava ‘Fora Temer’. Agora, para botar quem? Rodrigo Maia?! Para o país desmantelar de novo. A confiança empresarial e financeira está em Temer. Tanto que a bolsa, o dólar, está todos estabilizados, não tem desconfiança do mercado. Tirar para botar quem? Essa é a pergunta.’Ah, ‘diretas já’. Não dá tempo. Como que dá tempo mudar a constituição, arrumar dinheiro… não dá tempo. O que falta agora é a população se conscientizar e na hora certa mudar”.

Anísio Maia (PT) – “Eu já esperava um resultado parecido porque já fiz vária críticas à Câmara Federal em função da sua composição. Lá a grande maioria são comerciantes da política, não são políticos. Como esse pessoal está lá, e são maioria, não poderia ter tido um outro resultado. Achei até educativo para o povo brasileiro, porque ouviram as desculpas esfarrapadas de cada uma na hora de votar. Pra nós foi uma lição para o povo conhecer o que é atualmente a Câmara Federal, um local onde a grande maioria está para fazer negócios”.

Eliza Virgínia (PSDB) – “Não significa deixar Temer lá com uma assinatura embaixo do que ele está fazendo, sobre essas denúncias. Agora eu acho que foi bastante racional você não compactuar com a mudança de presidente, como que muda de roupa. O Brasil para, se gasta demais com isso, e a gente precisa trabalhar. O Brasil estava vindo em uma onda de credibilidade, a gente já estava conseguindo a recuperação dos empregos, aí vem tudo isso, desanda, para tudo. A decisão do Congresso foi uma redução de dano”.

Raniery Paulino (PMDB) – “Não me entusiasmei, comemoração zero. Temos que olhar com várias óticas. Do ponto de vista econômico, do ponto de vista de, minimamente, da normalidade, talvez tenha sido o melhor desfecho. Já do ponto de vista da transparência, da ética e da moralidade, talvez não seja e, seguramente, não foi o melhor desfecho. No meu intímo talvez votasse pelo seguimento da investigação. É uma denúncia grava e a população brasileira quer informações sobre isso. Só podemos chegar a um desfecho sobre as investigações, se ela tiver sequência, no momento certo, inclusive. Em 2019, após o fim do mandato ele vai ser investigado”.


Fonte: Blog do Gordinho


Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com