sábado, 16 de setembro de 2017

BALEIA AZUL: Moradora de Nova Floresta denuncia que grupo do WhatsApp estaria incentivando jovem florestense a se mutilar

Postado por Noticiando PB  | 

Na noite da última sexta-feira (15), uma moradora de Nova Floresta-PB entrou em contato conosco por telefone, denunciando um suposto grupo suicida no WhatsApp. A mulher está bastante preocupada porque descobriu que uma jovem florestense de apenas 16 anos estaria participando do grupo e se mutilando com objetos cortantes.

Por motivos pessoais, a denunciante não quis revelar a sua identidade. "Eu só quero ajudar essa adolescente que tanto eu gosto. Estou procurando ajuda porque tenho medo dela se matar e eu ficar com peso na consciência por saber de tudo e não ajuda-la", disse.

A mulher falou que sempre conversa com a garota pessoalmente e tenta convence-la a sair do grupo, mas sem sucesso. A adolescente afirmou ser fascinada pelo grupo e as postagens e se mutila por 'prazer' quando está só em um ambiente da casa. "Ela hoje está dormindo aqui comigo, converso muito com ela, mas ela não esculta, disse que estava com vontade de cortar até  o pescoço. O pior é que ela fala nisso tranquilamente sem medo nenhum".

Estamos mantendo sigilo sobre o nome do grupo. Conseguimos algumas imagens através do celular da jovem que mostra fotos de seguidores  ferindo-se a si próprio. "Consegui essas fotos para alertar os pais sobre essa prática maligna que pode entrar na casa de qualquer um, sem eles saberem", enfatizou.







Segundo relatos da menina, supostamente outros jovens de Nova Floresta estariam participando do grupo. A família da garota já está ciente do caso e estão buscando ajuda. 



O desafio

No últimos meses, muito se falou sobre o desafio da Baleia Azul. A série de 50 atividades que envolvem asfixia, automutilação, queimar a pele e, no extremo, o suicídio chamou a atenção da sociedade por colocar em risco a vida de jovens brasileiros.
Não existe um site oficial para reunir as vítimas. Para aliciar crianças e adolescentes, os curadores se valem do uso de redes sociais para impor os desafios.

O desafio começou como um fake news – um boato, uma mentira – na Rússia, em 2015, sobre um jogo que apresentava uma série de práticas macabras a seus participantes. Contudo, a história gerou um contágio principalmente entre os jovens e acabou se tornando real.

O Brasil – país que registra 5,6 mortes por suicídio a cada 100 mil jovens na faixa dos 15 aos 29 anos, de acordo com a pesquisa Violência Letal contra as Crianças e Adolescentes do Brasil e do Mapa da Violência: os Jovens do Brasil –, infelizmente, não ficou de fora desse jogo que viralizou nas redes.

Noticiando PB



Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com