sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Dupla suspeita de balear bebê na barriga de paraibana está foragida

Postado por Noticiando PB  | 



O Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1000 reais por informações que levem as prisões de Romário Conceição da Silva, o Pirulito, de 28 anos, e Charles Jackson Neres da Silva, o Charlinho do Lixão, de 23. O cartaz com a foto da dupla foi divulgado nesta quinta-feira (5).
Eles são suspeitos de participar de uma troca de tiros com policiais do Batalhão de Caxias (15º BPM) que terminou com a morte do bebê Arthur, baleado ainda no útero da mãe, a paraibana Claudineia dos Santos Melo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em junho.
De acordo com o inquérito policial, Pirulito foi responsável pelo disparo que atingiu a mãe do bebê. Ele foi denunciado pelo crime de aborto provocado por terceiros sem o consentimento da gestante, por dolo eventual.
Pirulito e Charlinho do Lixão também respondem por tentativa de homicídio contra os PMs. 
Segundo o Disque Denúncia, Charlinho do Lixão é o líder da facção criminosa que domina o tráfico de drogas na comunidade do Lixão e foi denunciado porque ordenou aos subordinados que disparassem contra os policiais que faziam o patrulhamento ostensivo.
Silva também foi denunciado, junto com Charles Jackson Neres Batista, pela tentativa de homicídio de policiais militares (PMs) no mesmo tiroteio e pelo crime de corrupção de adolescente, já que os dois são acusados de arregimentar um menor de idade para o tráfico, fornecendo armas e induzindo-o ao confronto.
A investigação da Polícia Civil constatou que a vítima estava próxima dos carros dos PMs e no campo de visão de Romário, que, ao efetuar os disparos, assumiu o risco de matar. Ele estava junto a um adolescente de 15 anos e outro homem não identificado. Também foi apurado que os policiais militares não chegaram a atirar.
Em conversas telefônicas autorizadas pela Justiça, a investigação identificou, ainda, diálogos entre o adolescente e o chefe da quadrilha, dando detalhes dos tiros disparados contra os policiais naquele local, e a participação de Romário.
Quem tiver qualquer informação sonre os supeitos pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, ou pelo aplicativo do DD. O anonimato é garantido. 
O crime aconteceu no dia 30 de junho, na comunidade do Lixão, durante uma troca de tiros entre policiais e criminosos. Grávida de 39 semanas, a operadora de caixa Claudinéia dos Santos Melo, de 29 anos, estava a caminho de um mercado quando foi atingida por um tiro.
O bebê Arthur Cosme de Melo nasceu com vida, mas não resistiu ao ferimento. Um mês após o ocorrido, ele morreu em decorrência de uma hemorragia digestiva intensa no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Click PB

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com