sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Acusado de assaltar ônibus e matar duas pessoas é condenado a pena de 39 anos de reclusão

Postado por Noticiando PB  | 

O acusado de assaltar um ônibus e ter matado dois passageiros em João Pessoa no mês de março de 2017 foi condenado à pena de 39 anos e 10 meses de reclusão, em regime fechado, além do pagamento de 134 dias-multa, pelo crime de latrocínio. Allison Silvestre da Silva foi julgado nesta quinta-feira (30) pela juíza da 5ª Vara Criminal da Capital, Andréa Gonçalves Lopes Lins.
Na noite do dia 8 de março, Allison entrou no ônibus da empresa São Jorge, da linha 110, Jardim Planalto, no Acesso Oeste, em João Pessoa. Ao entrar no ônibus ele assaltou o motorista e quatro passageiros que estavam no veículo, sendo que dois deles vieram a óbito por terem sido atingidos por tiros.
Segundo testemunhas, Allison estava acompanhado por mais duas pessoas e agiu com bastante violência e agressividade durante o assalto. Ele havia conseguido subtrair R$ 89 do motorista e os celulares dos passageiros. Ainda segundo as vítimas, ninguém reagiu ao assalto, mas mesmo assim o réu efetuou disparos contra as vítimas.
Allison foi preso dois dias após o assalto. Ele era ex-presidiário e já havia cumprido parte da pena por roubo no presídio do Roger, mas estava foragido do regime semiaberto. A juíza considerou o fato de que o réu estava sob livramento condicional quando praticou o crime e manteve a prisão preventiva para garantir a aplicação da lei e efetividade da sentença. Allison continuará sob custódia, em caso de recurso, para preservação da ordem pública, ressaltando que o crime de latrocínio é considerado hediondo.
O réu atirou contra os passageiros após subtrair seus aparelhos celulares e acabou atingindo o tórax de Silvânia dos Santos, que faleceu no dia seguinte ao fato, e o abdómen de José Luan Souza dos Santos, que ficou internado por dois meses, chegando a óbito, por não resistir aos ferimentos. Em sua decisão a juíza ressaltou que “pouco importa que das vítimas não tivesse subtraído qualquer objeto. A motivação do crime era, indiscutivelmente, patrimonial. (…) Portanto, imperiosa a condenação do acusado por dois crimes de latrocínio”.
clickpb

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com