quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Prefeito paraibano quer acionar Márcia Fellipe na Justiça para devolver cachê após quebra de contrato

Postado por Noticiando PB  | 

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, pretende acionar a produção da cantora Márcia Fellipe na Justiça e requerer a devolução do cachê pago à artista, por uma suposta quebra de contrato, durante a apresentação de show no carnaval desse ano. O caso está sendo estudado pela assessoria jurídica da prefeitura, disse Aldemir. Segundo o prefeito, o carnaval de Cajazeiras deveria começar às 9h e terminar às 4h. Mas a cantora atrasou sua chegada na cidade e começou o show apenas às 3h05, ultrapassando o limite do término do evento.
Segundo Aldemir, o contrato previa que Márcia Fellipe seria o segundo show da noite, após show em Caicó no Rio Grande do Norte, mas ela teria descumprido o compromisso, inserindo outra cidade antes na programação e deixando Cajazeiras como a terceira. O acordo seria que ela chegaria à meia-noite e iniciaria o show à 1h40.
“O carnaval de Cajazeiras é submetido a uma disciplina, a uma organização. E essa disciplina, essa organização é decorrente de discussão com o Ministério Público, com os representantes da segurança pública, com a gestão municipal”, explicou o prefeito. “E, diga-se de passagem, a qualidade do show dela foi lamentável”, frisou o prefeito.
José Aldemir relatou, também, desrespeito por parte da produção da cantora. Conforme relatou o gestor, a produção que cuida do camarim da cantora desrespeitou funcionários da administração municipal porque teria faltado um alimento de chocolate no camarim.
“Ele quase dava na secretária executiva de turismo. Foi com dedo em riste porque tinha faltado, a felicidade dele é porque ele não falou na minha frente, eu não estava presente, senão eu tinha botado ele para fora, tinha chamado a polícia para tirar ele. Eu não posso admitir um camarada contratado desrespeitar uma profissional, trabalhando corretamente”, reclamou o prefeito.
Ainda segundo José Aldemir, a cantora teria ignorado até os fãs. “Descumpriu o contrato, ainda vem com a maior desatenção, e eu tomei conhecimento hoje (14) que, quando terminou o show, tinha três crianças lá para pegar o autógrafo dela, as crianças ficaram chorando, ela passou por cima, não deu nem atenção”, disse Aldemir.
De acordo com a Prefeitura de Cajazeiras, a cantora cobrou um cachê de R$ 138 mil para se apresentar na cidade.

G1

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com