sexta-feira, 23 de março de 2018

Laudo aponta que menina de 2 anos morreu após constantes agressões do padrasto e justiça decreta prisão

Postado por Noticiando PB  | 

O laudo emitido pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) nesta sexta-feira (23) mostra que a criança de dois anos identificada como Ana Júlia morreu em decorrência de uma série de agressões e não após cair de uma escada, como foi informado pelos seus responsáveis.
De acordo com o documento, a menina apresentava diversas lesões, de diferentes estágios, por todo o corpo, além do traumatismo craniano que causou a sua morte. As agressões foram registradas no José Américo, bairro de João Pessoa.
O principal acusado do crime é o padrasto de Ana, Jackson Pedro, de 31 anos, natural de Salvador-BA, e está foragido, assim como a sua mãe, identificada como Kallyne. A Justiça já emitiu o mandato de prisão temporária do padrasto, que já sendo procurado pela polícia.
A delegada Aurelina Monteiro, da Infância de Juventude de João Pessoa, disse que não descarta pedir a prisão da mãe da garota tendo em vista que ela está atrapalhando investigações. “A Kaline está ajudando o marido na fuga e isso podemos pedir a prisão dela. Não descartamos”, disse.
A criança foi levada ao Ortotrauma, em Mangabeira, no último dia 28 de janeiro, onde passou dois dias internadas. Em seguida, ela foi levada ao Hospital de Trauma e, três dias depois, morreu.
Portal do Litoral

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com