sábado, 9 de junho de 2018

Vereador afirma que foi sequestrado a mando da própria irmã e do cunhado na Paraíba

Postado por Noticiando PB  | 

O vereador Netinho Policarpo (PROS), da cidade de Soledade, garantiu nesta sexta-feira (8) que tem provas de que sua irmã e seu cunhado planejaram seu sequestro, ocorrido no dia 27 de dezembro de 2016, onde ele afirma ter passado mais de quatro horas nas mãos dos sequestradores para que renunciasse o mandato. O parlamentar foi raptado por volta das 23h daquela noite na casa de uma amiga.
De acordo com o vereador o sequestro aconteceu poucos dias antes dele tomar posse na Câmara dos Vereadores do município. “A minha principal suspeita sempre foi do meu suplente, que por sinal é meu cunhado, esposo da minha irmã. Infelizmente tenho essa irmã envolvida no tráfico na cidade. Ela já foi presa, em 2017, durante a Operação Narcos”, explica.
Ainda de acordo com o parlamentar, quando a polícia prendeu Cristiane Marinho Vasconcelos durante a Operação Narcos, e realizou perícia no seu aparelho celular, encontrou conversas entre ela e um presidiário do PB1 tramando a morte do vereador Netinho para que seu marido, Márcio de Souto Vaconcelos, assumisse o seu lugar na Câmara.
A mulher foi presa acusada de ser chefe de tráfico, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) libera presas que tenham filhos menores de 12 anos para cumprir pena em casa. Segundo o parlamentar, ela ainda vai ser julgada por diversos outros crimes, além do sequestro.

Blog de Márcio Rangel

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com