domingo, 16 de setembro de 2018

Fugitivo do PB1 é preso em João Pessoa ao tentar se esconder debaixo de cama

Postado por Noticiando PB  | 

Um fugitivo do PB1 foi encontrado e preso no início da noite deste sábado (15), após tentar se esconder debaixo de uma cama, na casa da esposa dele em João Pessoa, segundo a Polícia Militar. Ele estava entre os quase 100 detentos que fugiram da penitenciária de segurança máxima, após um ataque ao presídio, na madrugada da segunda-feira (10).
De acordo com a Polícia Militar, Edgleriston Kleber Ferreira, que responde pelo crime de roubo, foi preso na em uma casa situada no bairro Valentina Figueiredo, depois que policiais da Força Regional receberam informações sobre a localização do fugitivo.
Conforme a PM, os dois foram encaminhados para a Central de Flagrantes de João Pessoa. A Secretaria de Administração Penitenciária informou, que até as 19h deste sábado (15), 47 detentos foram recapturados.

O ataque e resgate de presos no PB1

A fuga começou com pessoas atirando de dentro da mata que fica próxima ao presídio. Segundo informações da Polícia Militar, cerca de 20 homens chegaram em quatro carros e dispararam várias vezes contra as guaritas, o alojamento e o portão principal. Havia grande quantidade de armamento, inclusive fuzis ponto 50, que têm capacidade para perfurar uma parede. Por causa da munição utilizada pelos criminosos, os agentes penitenciários tiveram que se abrigar.
Com isso, os criminosos conseguiram se aproximar e utilizar explosivos no portão da frente e da lateral do PB1, tendo, assim, acesso à unidade prisional. Com um alicate, eles arrombaram os cadeados para libertar Romário Gomes Silveira, alvo do resgate e suspeito de explosões a bancos e carros-forte. Após ele ser resgatado, outros presos também pegam os alicates para abrir as celas.
O secretário de administração penitenciária, Sérgio Fonseca, declarou que no circuito de câmeras do presídio foi observado que quando os criminosos entram no PB1 e invadem o pavilhão, vão diretamente na cela de Romário. Quando ele sai, recebe um fuzil e comanda a ação de fuga.
O presídio tem capacidade para 660 presos e atualmente tinha cerca de 680 detentos, conforme o secretário Sérgio Fonseca. De acordo com o sistema Geopresídios, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a unidade prisional tinha 681 presos em 644 vagas.
G1

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com