terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Policial que matou homem por conta de som alto se entrega

Postado por Noticiando PB  | 

O sargento reformado da Polícia Militar da Paraíba, José Anchieta Dantas, se entregou na tarde desta segunda-feira (24) e ficou detido na sede do 6º Batalhão da PM em Cajazeiras, onde era lotado.
José Anchieta é acusado de matar a tiros o técnico de internet Antônio Ramalho Martins, conhecido como “Hominha”, e ferir com um disparo a sobrinha da vítima fatal, Gislaine Ramalho dos Santos.
O crime aconteceu na manhã de domingo, no bairro Casas Populares, Zona Norte de Cajazeiras, motivado por discussão por causa de suposto som alto na rua.
Imagens da câmera externa de uma residência mostram o sargento com a arma na mão e fugindo de moto após atirar nas vítimas. Em seguida, várias pessoas saem correndo em direção ao local onde Hominha e Gislaine foram baleados.
Detalhes do delegado
No programa Balanço Diário de hoje, por telefone, o delegado Danilo Charbel conta que um juiz da Comarca de Conceição decretou a prisão preventiva do acusado. Mas antes da polícia cumprir o mandado, o próprio José Anchieta se entregou por volta das 15h desta segunda. José Anchieta deverá responder por homicídio qualificado e tentativa de homicídio em júri popular.
“Desde o momento do ocorrido, nós trabalhamos incessantemente na busca da prisão do policial. Nós vamos apresentar todos os argumentos e todas as provas ao Ministério Público para que possa denunciá-lo e confirmar, através de uma condenação, esse fato ocorrido”, disse o delegado.

Diário do Sertão

Autor

Noticiando PB

Total de visualizações de página

Subscribe to our Mailing List

We'll never share your Email address.
Copyright © 2013 Noticiando PB. Powered by Blogger.
Blogger Template by Bloggertheme9
(83) 9 9618-4861 noticiandopb1@gmail.com